Não fez a biometria? Veja como regularizar sua situação

Tentando tornar o processo de eleição dos nossos representantes de cada vez mais seguro, o Tribunal Regional Eleitoral aderiu ressentimento é o sistema de biometria. Ele funciona confirmando o eleitor não apenas pelo título em papel e sim pelas digitais. O cadastramento já foi realizado e que não fez pode buscar ainda.  Saiba como a seguir.

O que é e como funciona a biometria?

A biometria é a verificação do título de eleitor através da digital de votante. O processo de voto para eleger um candidato continua da mesma forma através da urna eletrônica. O que muda é a confirmação do voto.

Anteriormente essa confirmação era feita apenas observando o documento de identificação com foto e o título de eleitor impresso. Mesmo sem o título de eleitor é possível votar sabendo sua zona eleitoral. Hoje é necessário pedir os dois documentos e também confirmar por meio da biometria em máquina específica.

Tantos processos para confirmação de quem está faltando é uma forma de não dar espaço para fraudes. O mesmo eleitor não pode votar duas vezes mesmo tendo dois documentos com foto com o nomes diferentes (infelizmente isso é comum) e nem tão pouco votar no lugar de outra pessoa porque as fotos são parecidas.

Com a instalação da biometria o Brasil se tornou um dos países mais seguros em seu sistema eleitoral. Diminui cada vez mais a margem de erro e torna o processo idôneo.

Como cadastrar a biometria

O Tribunal Regional Eleitoral de cada cidade realizou um período de convocação para todos os eleitores seguirem em horário para terminar de cadastrarem a sua digital.

Se você não compareceu à unidade do TRE de sua cidade no período anterior poderá procurar mais uma vez para o cadastramento fora de época. O primeiro passo é agendar sua visita no site do TRE de sua região.  Você pode escolher o dia e a hora para evitar tumulto e conseguiu um bom atendimento.

Compareça na unidade do TRE com documento original com foto e o título de eleitor se tiver. Com um atendente você terá acesso ao seu sistema e vai cadastrar a sua digital. O processo não dura mais do que 10 minutos e o horário pré marcado costuma ser cumprido.

O que acontece se não conseguir votar este ano?

Muitos motivos fazem o eleitor não comparecer nas urnas no dia e horário pré-determinados. O mais comum é estar ausente de sua cidade.  Neste caso ele pode procurar algum ponto de votação e justificar a sua ausência através da distância. Ele assina um papel e deu o seu comprovante de comparecimento como justificativa.

Mas se não foi até um ponto de leis ele está pendente com processo eleitoral e poderá ter o título de eleitor suspenso e o CPF também. Deve procurar o mais breve possível o Tribunal Regional Eleitoral de sua cidade para realizar a justificativa e pagar a multa.

A multa varia de acordo com o período que ficou ausente das eleições. Pode ser de um ou mais anos mas não é um valor alto. A importância de participar do processo eleitoral justificar a sua ausência é porque as eleições no Brasil são obrigatórias. Não participar pode causar a suspensão dos direitos civis até a legalização.

This entry was posted in Main. Bookmark the permalink.